CPI da Exploração Sexual de Crianças fará audiência pública no Recife

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizará nesta quinta-feira (27) audiência pública às 10 horas, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, no Recife. Foram convidados, entre outros: o governador do estado, Eduardo Campos; o prefeito do Recife, João da Costa; e representantes da Polícia Militar, do Ministério Público do Estado, da sociedade civil e da rede hoteleira.

A reunião foi proposta pelo deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE). Ele citou dados de 2009 do Ministério do Turismo sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes. “Além da prostituição, a pesquisa mostra que o consumo de crack faz parte da realidade dessas crianças e adolescentes. No Recife e em Olinda, 93% dos entrevistados disseram que usavam essa droga”, disse.

De acordo com dados do Centro de Defesa dos Direitos Humanos Dom Hélder Câmara (Cendhec), em 2009, 30% dos 947 municípios brasileiros com graves índices de abuso e exploração estavam no Nordeste, sendo 63 deles em Pernambuco.

A CPI vai averiguar os casos de turismo sexual em Recife. No ano passado, de acordo com a 2ª Vara de Crimes Contra Crianças e Adolescentes da cidade, foram registrados 1.637 casos envolvendo assédio sexual, atentado violento ao pudor, estupro e outros crimes praticados contra menores de 18 anos. Desse total, 800 processos (56%) estavam relacionados a crimes sexuais praticados na capital do estado.

Fonte: Portal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: