Fundação Abrinq lança processo seletivo 2013 do Programa Nossas Crianças

As inscrições para o processo seletivo 2013 do Programa Nossas Crianças da Fundação Abrinq – Save the Children já estão abertas. Os interessados de todo Brasil têm até 05 de outubro para inscrever projetos que receberão apoio técnico e financeiro durante um prazo de 12 a 24 meses, a partir de 2013.

Serão recebidos projetos de todos os estados, porém serão priorizados os que apresentam necessidade de avanço nos indicadores conforme os atendimentos definidos abaixo:

  • Educação Infantil: Projetos que preveem atendimento a crianças de 0 a 3.11 meses por meio da implantação, ampliação e/ou qualificação de vagas, que incluam no projeto político pedagógico a importância do brincar, as fases de desenvolvimento da criança, a atenção integral e estejam de acordo com os referenciais legais – LDB, Diretrizes Curriculares Nacionais.

Região Norte: Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Acre, Rondônia e Tocantins.
Região Nordeste: Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Paraíba e Bahia.
Região Centro-Oeste: Distrito Federal e Goiás.
Região Sudeste: Minas Gerais e Rio de Janeiro.
Região Sul: Rio Grande do Sul.

  • Erradicação do Trabalho Infantil: Projetos que preveem atendimento a crianças e adolescentes de 5 a 17.11 meses, em situação de trabalho infantil em suas piores formas (considerado pela convenção Nº 182 da OIT) e ações de combate ao trabalho infantil no contexto dos Mega Eventos.

Região Norte: Rondônia, Acre, Amazonas, Pará e Tocantins.
Região Nordeste: Bahia, Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas e Pernambuco.
Região Centro-Oeste: Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso.
Região Sudeste: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.
Região Sul: Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

  • Sobrevivência Infantil e na Infância: Projetos que preveem atendimento a crianças de 0 a 5.11 meses e contribuem para a redução da mortalidade infantil e na infância (estimulem práticas preventivas pré e pós-natais de promoção da saúde e detecção precoce de doenças; que contribuam para um parto seguro e o melhor desenvolvimento físico e mental da criança; incentivem a amamentação; promovam os cuidados necessários ao desenvolvimento emocional do bebê e à qualidade do vínculo mãe-cuidador(a)-bebê; concebam a desnutrição como consequência de diversas causas propondo intervenções a elas relacionadas).

Região Norte: Amapá, Acre, Rondônia, Pará, Amazonas, Roraima e Tocantins.
Região Nordeste: Piauí, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Maranhão, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.
Região Centro-Oeste: Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás.
Região Sudeste: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo.
Região Sul: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

  • Saúde Sexual e Reprodutiva: Projetos que preveem atendimento à faixa etária de 12 a 17.11 meses com ações de atenção à sexualidade (DSTs, AIDS, gravidez, orientação sexual e identidade de gênero…), combate à violência baseada em questões de gênero, identidade e orientação sexual e ações de atenção à saúde sexual de crianças e adolescentes no contexto dos Mega Eventos.

Região Norte: Acre, Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Tocantins e Rondônia.
Região Nordeste: Maranhão, Alagoas, Piauí, Pernambuco, Sergipe, Bahia, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.
Região Centro-Oeste: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal.
Região Sudeste: Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.
Região Sul: Paraná e Rio Grande do Sul.

  • Violência Doméstica e Sexual: Projetos que preveem atendimento à faixa etária de 0 a 17.11 meses com ações de prevenção e enfrentamento a situações de violência física, psicológica, negligência, abuso e exploração sexual e ações de combate à violência doméstica e sexual no contexto dos Mega Eventos.

Região Norte: Amazonas, Rondônia e Acre.
Região Nordeste: Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Ceará e Paraíba.
Região Centro-Oeste: Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.
Região Sudeste: Rio de Janeiro, Espirito Santo, Minas Gerais e São Paulo.
Região Sul: Paraná e Rio Grande do Sul.

A análise e a seleção dos projetos serão realizadas pela equipe técnica do Programa e acontecerão em quatro etapas, sendo elas:

*Triagem dos projetos a partir dos requisitos do edital (1ª etapa);
*Análise dos projetos e da documentação* (2ª etapa);
*Visita técnica aos projetos aprovados na 2ª etapa e elaboração de pareceres (3ª etapa);
*Análise dos pareceres dos projetos e definição das organizações aprovadas (4ª etapa);
*Abertura de conta no Banco Bradesco (caso não possua) e Assinatura de convênio.

Para se candidatar é necessário fazer o cadastro no sistema em www.fundabrinq.org.br/pnc/participe Os projetos aprovados serão divulgados em fevereiro de 2013.

Faça o download do Edital, clique aqui.

Para mais informações e/ou dúvidas enviar e-mail para pnc@fundabrinq.org.br ou pelo telefone: (11) 3848-4908.

Fonte: Fundação Abrinq

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: